Tipos de tranças: confira 13 lindos modelos para apostar!

As tranças são penteados clássicos que sempre estão na moda! Afinal, além de lindas, elas também são práticas, democráticas e versáteis, podendo ser adotadas nos cabelos a partir de diferentes modelos, desde os mais românticos e delicados até os mais despojados e modernos. E mais! Os fios trançados também podem ser usados em todas as mulheres, de qualquer idade e diferentes tipos de cabelo, nas mais diversas ocasiões.

E se você conseguir sair do óbvio, o que não faltam são modelos para se inspirar e arrasar nas produções! Pensando nisso, no artigo de hoje, nós decidimos trazer para você conhecer melhor os mais variados tipos de tranças que você pode apostar para dar um up no look tanto em ambientes do cotidiano quanto em festas, casamentos, formaturas e outros eventos que pedem um visual mais glamouroso.

Veja também:15 fotos de tranças diferentes para testar!

Quer saber quais são eles? Então, continue comigo nesta leitura!

1 – Trança simples (tradicional)

Essa é a versão tradicional e clássica entre todos os tipos de tranças. O trançado é simples, feito com três mechas entrelaçadas, tal como o penteado é passado de geração em geração há anos. Você pode fazer uma trança única, estilo rabo de cavalo baixo ou, ainda, duas tranças laterais, dividindo o cabelo ao meio, formando a famosa “maria chiquinha”.

2 – Trança raiz (trança embutida)

trança embutida, ou trança raiz, como o próprio nome já diz, é uma trança bem rente à raiz do cabelo. Ela pode ser feita de várias formas, desde uma “filha única”, duas laterais, uma única lateral, no estilo boxeadora ou cascata (que você vai ver mais à frente neste artigo), com coques, rabos de cavalo, entre outras opções.

O trançado único é o mais comum, por ser mais prático, além de fácil de fazer. Basta separar três mechas do cabelo e entrelaçá-las umas às outras, tal como acontece na trança simples, que falamos acima. A única diferença é, antes, você deverá separar uma mecha na frente das madeixas, que será onde as demais serão embutidas.

3 – Trança cascata

A trança cascata é a cara do verão e o nome, como você já conseguiu perceber, é referente ao formato do trançado, que lembra uma cascata propriamente dita. Ela pode ser usada para compor um visual para o dia a dia ou até mesmo para festas, formaturas, casamentos e outros eventos mais formais. E apesar de parecer difícil de fazer, esse tipo de trançado é, na verdade, bem simples de manusear!

Basta partir o cabelo ao meio e, em seguida, pegar uma mecha fina de uma das laterais da cabeça e dividi-la em três partes, começando um trançado normal. Feito isso, para iniciar o efeito cascata, agora pegue uma nova mecha do topo da cabela, dentre os fios que ficaram soltos. Faça o mesmo com as demais mechas que estão soltas até chegar atrás da cabeça. Quando chegar lá, finalize fazendo uma trança normal até as pontas, prendendo-a com a ajuda de um elástico.

Repita todo esse esquema na outra lateral da cabeça. Por último, una os dois trançados laterais que você fez atrás da cabeça e prenda-as com um elástico. Prontinho!

4 – Trança zig-zag

Agora, talvez, nós tenhamos chegado à parte dos tipos de tranças um pouquinho mais complexos de fazer, apesar de lindos e poderosos. A trança zig-zag é feita a partir de uma mistura de trança cascata com uma trança simples, que vem tomando a extensão dos fios em formato de zig-zag, como o nome já diz.

Para fazê-la, basta começar trançando o cabelo com uma trança embutida comum e incrementá-la com uma trança cascata desenhando um zig-zag até chegar às pontas, deixando as mechas mais soltinhas ao fim do processo.

5 – Trança DNA

Já imaginou ter uma trança em formato de DNA? É isso mesmo! A nova tendência entre os penteados trançados é a chamada trança DNA, que imita o formato tridimensional desse material genético. Acredite: o cabelo fica glamouroso! E por mais incrível que pareça, esse tipo de trança não é muito difícil de fazer, apesar de exigir um pouco mais de paciência…

Vamos lá! Para fazê-la, basta dividir o cabelo em partes, cuidando para que a parte central seja um pouco mais fina que as outras duas. Em seguida, comece a trançar o cabelo do lado esquerdo colocando uma mecha fina externa por cima desses fios, seguindo por baixo da mecha central, até chegar ao cabelo da direita.

Feito isso, agora você deve trabalhar com o lado direito do cabelo, fazendo o mesmo processo anterior. Repita-o até chegar às pontas e, por último, prenda a trança com a ajuda de um elástico. Para dar um acabamento ainda mais parecido com a de um DNA, basta torcer um pouco mais as tranças até ficar no formato que você quer. Legal, né?

6 – Trança holandesa

Chegamos à parte das tranças mais românticas, delicadas e elegantes. Também conhecida como dutch braid, a trança holandesa é um tipo de trança que é feita enrolando o cabelo trançado em volta da cabeça, fazendo um contorno, como se fosse uma tiara.

Por deixar o pescoço totalmente livre, é um penteado perfeito para quem está em busca de um visual mais fresh. Ela pode ser combinada com penteados semipresoscoques, rabos de cavalo, entre outras.

Para fazê-la, basta separar o cabelo em duas partes e trançar cada lado, prendendo cada uma delas no seu lado oposto. Parece complicado, né? Mas, na verdade, é bem simples!

7 – Trança escama-de-peixe

Também chamada de espinha-de-peixe, esta também é uma das tranças mais elegantes e românticas para apostar! Como o próprio nome já entrega, trata-se de um penteado que imita as espinhas de um peixe. No entanto, para criar esse efeito, o trançado é feito de outra maneira bem diferente do trançado tradicional.

Para fazer a trança escama-de-peixe, separe uma mecha fina de cada uma das partes. Agora, comece a trançar, pegando uma mecha da direita e colocando no centro do cabelo, por cima da mecha principal. Em seguida, pegue uma mecha do lado esquerdo e faça o mesmo procedimento. Neste momento, você perceberá que formou um “X” com elas. Essa é a ideia… Continue o trabalho com outras mechas laterais de ambas partes da cabeça até prender as pontas. Prontinho!

8 – Trança unicórnio

Provavelmente, esse é o tipo de trança mais famoso do momento! A trança unicórnio é um penteado que leva esse nome por conta do efeito trançado no topo da cabeça, em direção à repartição central dos fios, que é uma referência ao chifre do unicórnio. O arranjo virou o favorito entre as it-girls no Instagram e foi adotado também por celebridades como Chiara FerragniGigi Hadid Kate Bosworth.

Para fazer a trança unicórnio, basta separar uma mecha bem no alto da cabeça. Em seguida, separe-a em três partes e comece a fazer uma trança embutida, tal como falamos no tópico da trança raiz, com a diferença de que, neste caso, você usará apenas os cabelos da mecha. O trançado não deve ir até os fios soltos, isto é, somente até o limite da cabeça.

Ao terminar, você deverá prender o que sobrar com a ajuda de um elástico. Você pode escolher entre prender os fios que sobraram com um rabo de cavalo ou um coque, vai do seu gosto. Prontinho!

9 – Trança boxeadora

Parecida com a trança unicórnio, a trança boxeadora também faz parte da categoria de trançados embutidos e é feita da mesma maneira que esta última, só que com duas tranças, uma de cada lado da cabeça, em vez de uma única central. Portanto, caso você queira aprender como fazê-la, basta seguir o tutorial que ensinamos acima.

Por conta do nome, muitas pessoas costumam confundir a trança boxeadora (do inglês “boxer braids”) com as box braids, que você vai conhecer a seguir. No entanto, elas são bem diferentes… Enquanto a primeira tem referência nos trançados feitos pelas boxeadoras e lutadoras de MMA para entrar nos rings para os combates – daí, o seu nome, as box braids se tratam de trancinhas estilo afro feitas nas madeixas a partir de fios sintéticos. Ou seja, são um tipo de extensão do cabelo com tranças.

Tirada a sua dúvida, que tal experimentar o estilo?!

10 – Box braids

Além de lindas e cheias de estilo, as box braids – ou rastafári, que é a mesma coisa – também são extremamente benéficas para o crescimento capilar e, ainda, podem ajudar quem está em transição capilar, uma vez que as vaidosas que estão nessa missão podem apostar em um penteado super bonito enquanto esperam os novos fios naturais crescerem.

Mas se você ainda não entendeu o que são as box braids, vou te explicar melhor agora. Esse tipo trançado tem origem na cultura africana e se trata de tranças sintéticas e soltas feitas com jumbokanekalon ou lã, que são trançados ao cabelo natural. As tranças box podem ser aderidas a partir de diferentes tamanhos e cores, o que quer dizer que você pode abusar da criatividade na hora de elaborar o seu visual rasta.

Os fios sintéticos que são fixados às madeixas naturais não são considerados caros, o que quer dizer que, com uma boa pesquisa na internet pelos materiais, é possível encontrá-los a preços bastante acessíveis.

Agora que você já sabe tudo sobre as box braids e a sua principal diferença em relação à trança boxeadora, que tal apostar nessa tendência ousada e estilosa?!

11 – Tranças nagô

Ainda na série de trançados oriundos da cultura africana, as tranças nagô também são uma opção para quem está em transição capilar ou simplesmente deseja mudar o visual para algo mais ousado e estiloso. Esse tipo de trançado pode ser feito em todos os tipos capilares, já que é facilmente fixado em diferentes texturas de fios, desde os lisos até os mais crespos.

No entanto, vale uma dica preciosa para quem está pensando em apostar nas tranças nagô: para correr até o salão de beleza e pedir para sair de lá a diva nagô, é preciso saber como anda a saúde do seu cabelo antes. É isso mesmo!

Apesar de versátil e democrático, esse tipo de trança não é recomendado para cabelos fracos, que tenham passado por algum procedimento químico recente que possa ter deixado o bulbo capilar e os fios frágeis.

Antes de fazer as tranças nagô, o ideal é aguardar até que eles se recuperem para não correr o risco de o couro cabeludo ou as suas madeixas não aguentarem o peso do trançado e quebrar. Procure um profissional para uma avaliação para tirar as suas dúvidas e dar um diagnóstico preciso da sua saúde capilar.

12 – Lemonade braids

Eita, que essa é para deixar qualquer mulher uma rainha! Lembra do cabelo da cantora Beyoncé no clipe “Formation”? Pois é! As lemonade braids são uma das tranças mais pedidas no salão de beleza depois do lançamento desse hit pop, graças à beleza do trançado solto e comprido.

Esse tipo de trança se trata de tranças nagô laterais, que são deixadas soltas e podem chegar a tamanhos mais longos. Elas começam com as raízes trançadas bem justas à cabeça e seguindo sempre na horizontal e em direção a somente um lado do cabelo, formando um tipo de contorno no couro cabeludo.

As extensões coloridas e com fitas são as mais usadas, já que dão um ar cheio de estilo ao penteado. Você também pode conseguir um visual super glamouroso ao incrementar as suas lemonade braids com acessórios metálicos e fios em cores fantasia. Fica lindo!

13 – Crochet braids

As crochet braids – ou tranças de crochê – são tranças sintéticas também herdadas da cultura africana. No entanto, apesar desse nome, o curioso é que elas, na verdade, nem são tranças propriamente ditas e, quem diria, tampouco são de crochê. Não entendeu nadinha? Calma, que eu te explico! (Haha).

Esse tipo de trançado se tata, na realidade, de uma técnica de texturização que pode ser usada durante a transição capilar, a fim de proteger o cabelo natural enquanto os fios novos vão crescendo, além de ser ideal para quem quer evitar o terrível efeito de dupla textura nas madeixas (mechas cacheadas/crespas e lisas misturadas), que acaba deixando o visual para baixo na frente do espelho.

O penteado recebe esse nome pelo modo como ele é feito: várias tranças raiz são espalhadas por todo o couro cabeludo, seguidas de extensões sintéticas entre os “gominhos” das tranças, como se tivessem sido costuradas ali.

Para executar o procedimento, o cabeleireiro profissional desse ramo usa um gancho bem parecido com uma agulha de crochê, trabalho que deu nome ao penteado – tranças de crochê. Para deixar o visual ainda mais estilo e cheio de charme, a dica é apostar em tranças raiz (isto é, a base do penteado) em formatos de desenhos.

E aí? Gostou de conhecer os mais lindos e estilosos tipos de tranças? Então, compartilhe esse post!

Até a próxima…

O post Tipos de tranças: confira 13 lindos modelos para apostar! apareceu primeiro em Tudo Ela.

Tipos de tranças: confira 13 lindos modelos para apostar! Publicado primeiro em https://tudoela.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s